Pular para o conteúdo principal

Animais de estimação!



 Animais de estimação são aqueles que escolhemos para compartilhar nossas vidas e lares. Eles nos trazem alegria, amor e companhia, além de serem excelentes companheiros em momentos de solidão.

Os cães são conhecidos por serem leais e protetores, enquanto os gatos são mais independentes e afetuosos. Peixes e aves são ótimos para quem tem pouco espaço em casa, e os répteis podem ser fascinantes para quem gosta de animais exóticos.




Um animal de estimação (ou mascote) é um animal doméstico selecionado para o convívio com os seres humanos por questões de companheirismo ou divertimento, o que não significa que essa seja a única função dessas espécies na nossa sociedade.


Funções sociais

Animais de estimação apresentam diversas funções na sociedade humana, sendo frequentemente citados como formas de se trazer conforto, companhia e aumentar a autoestima das pessoas. A psicologia reconhece que os efeitos benéficos do convívio com animais de estimação são diversos, tanto para adultos bem como para crianças com destaque à redução do stress, combate à crises de depressão e aumento do senso de responsabilidade.




Estudos envolvendo pessoas que mantém gatos como companhia indicam que existe correlação direta entre a presença desses animais e a melhoria da saúde de seus mantenedores humanos. Observou-se uma redução de 30% no risco de ocorrências de infartos nas pessoas que têm gatos como animais de estimação. O provável motivo é que o convívio com esses pequenos felinos seria capaz de minimizar os níveis de estresse, um dos principais responsáveis pelo surgimento de problemas cardiovasculares.

Popularidade

Segundo pesquisas realizadas por instituições norte-americanas, os peixes de aquário consistem nos animais de estimação mais populares do mundo. Em segundo colocado está o gato e em terceiro os cães.

Dados censitários apontam que nos EUA existem mais gatos domésticos do que cachorros.

Animais de estimação mais populares dos EUA

Animal de estimação População mundial estimada População nos EUA Casas com presença destes animais Número médio de animais por casa ocupada.




Comentários

  1. Gracas a Deus o menu pet so me traz Alegria e xou depressao

    ResponderExcluir
  2. Faça a sua boa escolha com carinho porque eles precisam de amor 🥰

    ResponderExcluir
  3. Tenha um animal de estimação

    ResponderExcluir
  4. eu estou amando esse blog

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Viajar de avião com seu pet!

               Viagem Maravilhosa com o seu filhinho!          Uma viagem de avião com o seu animal de estimação não é um passeio normal. Ela exige preparação e, por isso, monta uma guia para que você e o seu amiguinho peludo lidem melhor com essa situação que pode ser desgastante para ambos. Cada companhia aérea tem o seu procedimento a respeito de como viajar com cachorro de avião e também outros animais de estimação. Só algumas permitem a viagem de animais de pequeno porte na cabine junto de seus donos, enquanto outros cães maiores permitem na área chamada das aeronaves. A dica principal para não ter nenhum contratempo na hora do embarque é verificar todas as normas da empresa a respeito do transporte de animais, como idade mínima para viajar, documentos, vacinas, vacinas, tamanho da caixa de transporte e do bichinho, limite de animais de estimativa por voo e possíveis taxas adicionais. Tudo isso varia de uma empresa para outra, então sempre busque essas informações antes da reserva

Por que os Cachorros Uivam?

  Saudade :  Assim como os humanos, os cachorros podem sentir falta de seus entes queridos e uivar como forma de demonstrar essa saudade. Esse tipo de uivo costuma ser mais melancólico e pode ocorrer quando o cachorro sente falta do tutor ou de outros animais da casa. Entender o que o seu cachorro está tentando comunicar com seu uivo pode ajudá-lo a melhorar a comunicação e o relacionamento com seu animal de estimação. Aqui estão algumas dicas para entender a linguagem canina do uivo: Preste atenção ao contexto:  O contexto em que o uivo ocorre pode fornecer pistas sobre o que seu cachorro está tentando comunicar. Por exemplo, se seu cachorro uivar quando está sozinho em casa, pode estar se sentindo solitário. Observe o tom e a frequência:  O tom e a frequência do uivo podem indicar o humor e a intenção do cachorro. Uivos mais longos e melancólicos podem ser um sinal de tristeza ou saudade, enquanto uivos mais agudos e curtos podem indicar alerta ou ansiedade. Observe a linguagem corpo