Pular para o conteúdo principal

Albinismo em Animais!

                                        

              



             Albinismo em animais


Certamente você sabe que o albinismo implica que o indivíduo afetado tem a pele e pelos muito brancos. Você pode ter visto fotografias de pessoas assim, ou mesmo ter conhecido alguma. No entanto, esse fenômeno não é exclusivo dos seres humanos e também ocorre na vida selvagem.

Para falar sobre o albinismo em animais, do que se trata e por que ocorre, é necessário dizer que este é um distúrbio genético herdado. Consiste na ausência de melanina no pelo, pele e íris, mas o que é melanina? A melanina é composta de tirosina, um aminoácido que os melanócitos transformam no pigmento necessário para dar cor aos animais. Além disso, a presença de melanina protege os indivíduos dos efeitos perigosos do sol.

A hipopigmentação ou albinismo é a incapacidade do organismo de produzir melanina, portanto, indivíduos com esse problema têm uma aparência muito particular. O albinismo é hereditário, mas também recessivo, por isso é necessário que ambos os pais possuam o gene para que a prole nasça com esse distúrbio.

                   Tipos de albinismo em animais


O albinismo ocorre em diferentes níveis no reino animal, isso significa que, na aparência externa, nem todos os indivíduos afetados parecem extremamente pálidos ou brancos. Estes são os tipos de albinismo em animais:

  • Albinismo ocular: a falta de pigmentação só se apresenta nos olhos;
  • Albinismo completo (oculocutâneo tipo 1): afeta a pele, a pelagem e os olhos, os quais mostram diferentes tonalidades pálidas, como branco, cinza ou rosa.
  • Albinismo oculocutâneo tipo 2: o indivíduo apresenta pigmentação normal em alguma área do corpo.
  • Albinismo oculocutâneo tipo 3 e 4: O papel da tirosina é instável, de modo que os animais têm algumas características normais, além de manchas brancas ou áreas sem melanina.

                 Coruja



                    

                    
                          

              Rei Leão

  

   Assim, a tradição oral shangaan reza que o leão branco é um mensageiro divino, um protetor celeste, representando o Rei dos Reis. No idioma shangaan, o significado do nome Timbavati ou Tsimba-vaati seria “local onde estrelas – e leões – caem do céu”. Conclusão: o lugar é considerado sagrado pelas populações nativo.

Ele é parcialmente albino. Esse pavão pertence a espécie Povo cristatus, conhecida como pavão-azul, mas se diferencia das outras variedades pela ausência quase total de melanina.


                                                           

Jacaré

O animal é considerado raro. Ele foi encontrado em uma poça de lama e esgoto por um casal de biólogos em Balneário Camboriú.

Por serem brancos e não conseguirem se camuflar na água e na floresta, os animais albinos são presas fáceis dos predadores e dificilmente chegam à vida adulta, explica o soldado Cléber Machado, do Centro de Triagem de Animais Silvestres da Polícia Militar Ambiental, no Norte da Ilha, em Florianópolis.

O animal passou toda essa quarta-feira no Centro de Triagem e não se alimentou. Machado explica que isso ocorre porque o jacaré está estressado por ser retirado de seu ambiente natural.

O jacaré tem cerca de cinco meses, mede 79 centímetros e 

pesa dois quilos. Adulto, pode chegar a dois metros de 

sobreviveria

 Nós precisamos olhar para a pele e o pelo do animal.  A pele de um gato albino é rosa em um tom bem claro, quase branco, sem nenhuma mancha. Já o pelo é todo  branco, sem nenhuma mancha ou marcação.

O contorno dos olhos e o contorno da boca têm esse mesmo tom rosa-claro da pele, assim como a ponta do focinho, a borda das orelhas, as almofadinhas da pata e as unhas. Para conferir isso, aperte a patinha para ver as unhas do bichano são todas bem clarinhas.

Outras características importantes

A cor dos olhos também é um diferencial do gato albino. Enquanto o gato branco de olhos azuis — que não é difícil de encontrar — tem um tom mais intenso na íris, o gato albino tem o azul dos olhos em um tom bem clarinho, como o azul-bebê. Pode ser que no lugar do azul o gato tenha olhos verdes ou um olho de cada cor (heterocromia).

No caso de gato com olhos verdes, também há uma variedade no tom: quando o bichano é branco, seus olhos são de cor esmeralda, enquanto os que têm albinismo contam com um verde menos intenso e um tanto opaco.  



                    

                              Golfinho



Para muitos animais na natureza, ser albino pode diminuir bastante as chances de sobrevivência, o que explica ser mais comum encontrar indivíduos albinos em zoológicos do que na natureza. Criaturas albinas se destacam para os predadores, tornando-os presas mais chamativas e de fácil alcance.

Uma curiosidade sobre o golfinho albino, é que ele muda de cor dependendo do que estiver sentindo. Infelizmente em alguns países ele é sacrificado, pois as pessoas acham que o espírito dele é ruim.


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Animais de estimação!

  Animais de estimação são aqueles que escolhemos para compartilhar nossas vidas e lares. Eles nos trazem alegria, amor e companhia, além de serem excelentes companheiros em momentos de solidão. Os cães são conhecidos por serem leais e protetores, enquanto os gatos são mais independentes e afetuosos. Peixes e aves são ótimos para quem tem pouco espaço em casa, e os répteis podem ser fascinantes para quem gosta de animais exóticos. Um animal de estimação (ou mascote) é um animal doméstico selecionado para o convívio com os seres humanos por questões de companheirismo ou divertimento, o que não significa que essa seja a única função dessas espécies na nossa sociedade. Funções sociais Animais de estimação apresentam diversas funções na sociedade humana, sendo frequentemente citados como formas de se trazer conforto, companhia e aumentar a autoestima das pessoas. A psicologia reconhece que os efeitos benéficos do convívio com animais de estimação são diversos, tanto para adultos bem como p

Lulu da Pomerânia

              Venha conhecer o  Lulu da Pomerânia                         Conhecido como Spitz Alemão Anão  E muito amável, inteligente, alegre e dedicado aos donos.  A origem da raça é  antiga, mas  desenvolvida com a atual Alemanha e a Polônia, assim eles são conhecidos como Pomerânia. Características dos seus ancestrais, como o focinho redondinho e pontiagudo, as orelhas eretas e viradas para frente e a cauda comprida sobre o corpo, assim como os lobos.                                                      A raça chegou à Inglaterra após ter caído nas graças da realeza britânica ao final do século 19, quando a Rainha Vitória apaixonou-se pela raça e iniciou a sua própria criação. E, então, estes lindinhos se tornaram cada vez mais populares.  Nos ultimo anos, o Lulu da  Pomerânia tem tomado os corações nos países da América Latina, em especial o Brasil, provavelmente por serem cães muito amistosos, ativos e animados, o que lembra as características do povo brasileiro. Esse brincalh

Viajar de avião com seu pet!

               Viagem Maravilhosa com o seu filhinho!          Uma viagem de avião com o seu animal de estimação não é um passeio normal. Ela exige preparação e, por isso, monta uma guia para que você e o seu amiguinho peludo lidem melhor com essa situação que pode ser desgastante para ambos. Cada companhia aérea tem o seu procedimento a respeito de como viajar com cachorro de avião e também outros animais de estimação. Só algumas permitem a viagem de animais de pequeno porte na cabine junto de seus donos, enquanto outros cães maiores permitem na área chamada das aeronaves. A dica principal para não ter nenhum contratempo na hora do embarque é verificar todas as normas da empresa a respeito do transporte de animais, como idade mínima para viajar, documentos, vacinas, vacinas, tamanho da caixa de transporte e do bichinho, limite de animais de estimativa por voo e possíveis taxas adicionais. Tudo isso varia de uma empresa para outra, então sempre busque essas informações antes da reserva